Afonso Cunha e o Maranhão como destino turístico

Uma visita a Afonso Cunha pode ser apenas um pretexto para conhecer o Maranhão, uma das regiões mais fascinantes do Brasil. Não apenas por seu litoral, que já vai ganhando fama – é o segundo maior trecho estadual de litoral, atrás apenas da Bahia – mas também pelas grandes extensões do cerrado.

Uma viagem a Afonso Cunha deverá incluir uma viagem de avião (confira, em outro artigo de nosso site, as opções de aeroportos) e um grande percurso pelas estradas maranhenses. Aproveite sua viagem para conhecer melhor o Maranhão profundo. Confira, em seguida, algumas dicas de visita ao grande estado, além do município de Afonso Cunha.

Chapada das Mesas

Cachoeiras, o santuário ecológico de Pedra Caída e o Morro do Chapéu são alguns dos atrativos desta área natural criada para proteger a área de cerrado do sul do Maranhão. Use a cidade de Carolina como sua base para ir à descoberta.

Primeira Cruz

A cerca de 200 km se encontra um município que se pode considerar tão isolado como Afonso Cunha. A lagoa do Cassó se encontra totalmente não poluída, por conta da ausência de atividade humana na região, e o município está descobrindo o turismo. A região se encontra relativamente próxima do grande ícone turístico do estado.

Lençóis Maranhenses

É isso aí, você adivinhou. Os Lençóis são um fenômeno como não haverá outro no mundo: um verdadeiro deserto de dunas, mas minúsculo e rodeado pela grande extensão verde onde o cerrado começa dando lugar à floresta amazônica. Passeie pelas dunas e tome banho nas lagoas deixadas pela chuva, mas atenção; não se afaste demasiado, ou poderia se perder.

São Luís

Uma passagem pelo Maranhão deve incluir uma paragem em São Luís, onde a história da colonização europeia começou, por obra dos franceses. O centro histórico está tombado como Patrimônio da Humanidade.